Notícias

28 de agosto de 2020

Refrigeração para Pescados, por que é importante?

Um processo de conservação muito praticado na comercialização do pescado inteiro in natura é a refrigeração: o gelo e a câmara fria mantêm temperaturas por volta de 1 °C no produto, permitindo vida útil de cerca de 10 dias, tempo suficiente para que o alimento chegue ao consumidor com qualidade, desde que mantida a Cadeia do Frio. Mas é importante destacar que, já a partir do momento em que foi aberto ou filetado, o pescado necessita de embalagem para que possa ser comercializado sob refrigeração. As condições de preservação do pescado refrigerado são definidas pelo Regulamento da Inspeção Industrial e Sanitária de Produtos de Origem Animal (Riispoa).

No Brasil, muitos pescados já são industrializados, através de cortes especiais de sua carne, apresentando-o como: filés ou postas ou mesmo  no enlatamento de suas partes. Baseado nisso, a Mayekawa desenvolveu  portfólio que atende todo o processo de pescado desde a sua captura, passando pelos pescados ainda embarcados com soluções apropriadas, como o sistema para resfriamento de tanque salmorador; chegando as unidades fabris, em que são disponibilizadas soluções para produção de gelo e congelamento rápido operando tanto com a amônia quanto com o CO2, que garantem maior performance e geração de eficiência energética.

Câmaras Frias – É necessário que peixes e pescados em geral, sejam armazenados numa câmara própria, específica e diferente da de outros tipos de alimentos e carnes em razão do seu cheiro característico, que pode ser absorvido por outros produtos em caso de estarem estocados na mesma câmara fria, que pode ser projetada para manter apenas os produtos no seu interior, resfriados, em torno de 0 °C, como nos casos de peixes vendidos em peixarias e feiras, ou para promover o armazenamento da carne congelada do “pescado”. No segundo caso, a câmara fria  é construída em escala industrial, para armazenar peixes já limpos e que passaram pelo processo de congelamento, para estocagem como congelados. Em grandes instalações destacamos a utilização da tecnologia operando com CO2 como fluido secundário, garantindo geração de eficiência energética e performance em todo o sistema de congelamento.

Em se tratando de pescados o controle rígido dos parâmetros de processo, das temperaturas de manipulação e de armazenamento é o ponto crucial para a sua qualidade final. E para esta necessidade, a automação é um caminho sem volta. No que diz respeito as variáveis de resfriamento, congelamento e conservação de pescados, os processos, gerenciamentos planejamentos, estocagem contam hoje com sistemas de automação cada vez mais avançados. E de novo: a Mayekawa  já atenta a esta tendência vem aperfeiçoando seus equipamentos, disponibilizando o controle automático através de CLPs modernos e compatíveis com os melhores supervisórios do mercado, inclusive com o desenvolvimento de software, interligando todo o controle do sistema do Frio em busca da melhor condição de operação, em que se consegue que a temperatura final do produto / ambiente seja mais estável com o menor consumo de energia possível.

Compartilhe a Mayekawa

Biblioteca de Vídeos

Agradecimento aos colaboradores

Retrofit

Chiller Microcanal Propano